Pular para o conteúdo

Conheça os procedimentos para financiamento bancário.

O financiamento imobiliário é uma linha de crédito de longo prazo oferecida por instituições financeiras, bancos públicos ou privados, destinadas a aquisição de imóveis (casa ou apartamento) novos ou usados, em construção ou um terreno, para fins habitacionais ou de comércio, para qualquer pessoa que seja maior de 18 anos, sem restrição ao crédito e com capacidade financeira de pagamento.

  1. Para comprar um imóvel financiado, você precisa seguir os seguintes requisitos abaixo:
  • Maioridade civil
  •  Ter meios de comprovar renda
  • – Não ter cadastro em órgãos de restrição ao crédito
  1. Documentos para o financiamento de imóvel
  • RG e CPF originais e cópia
  • Certidão de casamento ou união estável
  • Comprovante de endereço
  • Comprovante de renda: extrato bancário, imposto de renda, holorites, etc
  • Certidão conjunta negativa de débitos relativos a tributos Federais e à Dívida Ativa da União
  • Cópia do CTPS, extrato de cada conta do FGTS e autorização para movimentação de conta vinculada junto ao FGT, para quem financiar com os recursos do FGTS
  • Certidão negativa de propriedade sobre bens imóvel, exigido em financiamentos com o FGTS ou pela Minha Casa, Minha vida.
  1. TIPOS DE FINANCIAMENTO

Os financiamentos para compra de casa ou apartamento novo ou usado podem ser realizados com a utilização de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Há ainda a opção de financiamento direto com a construtora.

  1. FINANCIAMENTOS PELO FGTS.

Para o comprador

É preciso ter no mínimo três anos de trabalho sob o regime do FGTS, somando-se os períodos trabalhados, consecutivos ou não, na mesma ou em empresas diferentes.

  • Não possuir financiamento ativo no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), em qualquer parte do País.
  • Não ser proprietário, possuidor, promitente comprador, usufrutuário ou cessionário de imóvel residencial urbano ou de parte residencial de imóvel misto, concluído ou em construção, localizado no município de sua atual residência, ou onde exerce a sua ocupação laboral principal, incluindo os municípios limítrofes e integrantes da mesma região metropolitana.

Para o imóvel

  • Valor da avaliação deve ser de até R$1.500.000,00 para todos os estados brasileiros.
  • Ser de propriedade do proponente o terreno objeto da construção do imóvel, no caso de construção sem aquisição de terreno.
  • Ser residencial urbano;
  • Destinar-se à moradia do titular.
  • Apresentar, na data de avaliação final, plenas condições de habitabilidade e ausência de vícios de construção.
  • Estar matriculado no RI competente e sem registro de gravame que resulte em impedimento à sua comercialização.
  • Não ter sido objeto de utilização do FGTS em aquisição anterior, há menos de 03 anos, contados a partir da data do efetivo registro na matrícula do imóvel, por exemplo, se imóvel adquirido foi registrado na matricula em 30.11.2009, somente poderá ocorrer nova utilização a partir de 01.12.2012.

Você não pode usar o FGTS para

  • móvel comercial;
  • Reformar ou aumentar seu imóvel;
  • Comprar terrenos sem construção ao mesmo tempo;
  • Comprar material de construção;
  • Imóveis residenciais para familiares, dependentes ou outras pessoas.
  1. FINANCIAMENTOS PELO SBPE.

Basicamente trata-se de um sistema que regulamenta e viabiliza a concessão de empréstimos imobiliários por parte das grandes instituições nacionais. Funciona assim: devido a uma resolução vigente no pais, cada instituição financeira pode comprometer apenas 65% do seu fundo para a concessão de financiamentos imobiliários.

A questão é que esse fundo utilizado é originado da quantia depositada pelos correntistas, na poupança. Ou seja, ao poupar você está aumentando o limite de financiamentos imobiliários que o seu banco pode conceder.

Como cada instituição financeira tem um fundo diferente, que é abastecido pelo valor depositado na poupança por seus próprios correntistas, a disponibilidade de recursos para o mercado imobiliário depende diretamente do hábito de poupar dar população brasileira. Mas, como você já deve saber, para conseguir uma linha de crédito imobiliário você precisa obedecer a alguns detalhes.

As linhas de crédito imobiliário permitem ao comprador financiar um imóvel em até 35 anos, podendo colocar:

  • até 80% do valor do imóvel para pagamentos a prazo desde que seja feita a opção por um empréstimo com taxas de juros pós-fixadas;
  • até 70%, se a opção escolhida tiver taxas de juros pré-fixadas.

Como funciona o SBPE

Financiamentos feitos através do SBPE também utilizam o Sistema de Amortização Constante – SAC, outro fator característico é que o valor de cada parcela não pode ultrapassar 30% da renda familiar, essa é uma medida de vida impedir o endividamento das famílias e consequentemente a inadimplência.

Dentre todas as instituições financeiras que compõe o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo – SBPE – as principais integrantes são:

  • Caixa Econômica Federal;
  • Sociedade de Créditos Imobiliários;
  • Associação de Poupança e Empréstimos;
  • Bancos Múltiplos;
  • Entre Outros.

Vantagens do SBPE

O SBPE permite comprar imóveis novos e usados. O sistema ainda possibilita adquirir terrenos para construir residenciais e pontos comerciais. Por isso, muitos brasileiros optam por esse crédito.

A grande vantagem do SBPE é o longo prazo para pagamento. O empréstimo pode ser parcelado em até 35 anos. Assim, o comprador tem mais tranquilidade na hora de pagar, sem comprometer o orçamento doméstico. Já o máximo do imóvel a ser financiado depende da instituição credora.

Também é importante destacar que, mesmo pagando o financiamento imobiliário, o comprador pode morar no imóvel. A garantia desse tipo de crédito é a alienação fiduciária. Desse modo, o credor fica com a posse indireta do bem.

SFH e SFI

O SBPE possui duas linhas de financiamento. No SFH, os compradores só podem financiar se o imóvel custar até determinado valor. Nessa modalidade, os juros cobrados costumam ser mais baixos e estimulados pelo governo.

Por outro lado, o SFI é composto pelos imóveis que custam acima do SFH. Nesse caso, as instituições têm maior liberdade para determinarem as taxas e formas de negociação.

No entanto agora que você já sabe como funciona comprar um imóvel financiado compare as ofertas de tantas instituições quanto puder e caso necessite simule abaixo:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: